“Ei! Sorria… Mas não se esconda atrás desse sorriso…

Mostre aquilo que você é, sem medo.
Existem pessoas que sonham com o seu sorriso, assim como eu.
Viva! Tente! A vida não passa de uma tentativa.
Ei! Ame acima de tudo, ame a tudo e a todos.
Não feche os olhos para a sujeira do mundo, não ignore a fome!
Esqueça a bomba, mas antes, faça algo para combatê-la, mesmo que se sinta incapaz.
Procure o que há de bom em tudo e em todos.
Não faça dos defeitos uma distancia, e sim, uma aproximação.
Aceite! A vida, as pessoas, faça delas a sua razão de viver.
Entenda! Entenda as pessoas que pensam diferente de você, não as reprove.
Ei! Olhe… Olhe a sua volta, quantos amigos…
Você já tornou alguém feliz hoje?
Ou fez alguém sofrer com o seu egoísmo?
Ei! Não corra. Para que tanta pressa? Corra apenas para dentro de você.
Sonhe! Mas não prejudique ninguém e não transforme seu sonho em fuga.
Acredite! Espere! Sempre haverá uma saída, sempre brilhará uma estrela.
Chore! Lute! Faça aquilo que gosta, sinta o que há dentro de você.
Ei! Ouça… Escute o que as outras pessoas têm a dizer, é importante.
Suba… faça dos obstáculos degraus para aquilo que você acha supremo,
Mas não esqueça daqueles que não conseguem subir a escada da vida.
Ei! Descubra! Descubra aquilo que há de bom dentro de você.
Procure acima de tudo ser gente, eu também vou tentar.
Ei! Você… não vá embora.


Eu preciso dizer-lhe que… TE AMO, simplesmente porque você existe.”

(Charles Chaplin)

Certamente,

Tudo o que eu faço é errado. Minhas palavras são erradas, o meu jeito de ser é errado, tudo, cada movimento, cada pedaço de mim. Sou criticado por todos, e quero me referir a todos mesmo, até os que não me conhecem, principalmente eles. São ditas palavras ridículas a meu respeito, palavras que eu nem sei o que significam (…) Eu tento com tudo o que há dentro de mim ser perfeito. Tento, mas não consigo. Eles sempre acham um defeito. Eu não sei fazer tudo certo, eu não sei de tudo. Mas eu sei o suficiente para aguentar pessoas como vocês.

E dói saber

 

Que tudo na vida tem um fim, e que esse fim sempre decepciona. Dói saber que tudo aquilo que eu vivi foi uma ilusão, que eu fui tão boba ao ponto de acreditar que tudo aquilo era pra sempre. e dói mais ainda saber que o tempo não volta atrás, que eu não posso viver tudo aquilo de novo, que agora tudo teve um fim de verdade, que tudoacabou definitivamente.

Eu vou gostando, eu vou cuidando, eu vou desculpando, eu vou superando, eu vou compreendendo, eu vou relevando, eu vou… E continuo indo, assim, desse jeito, sem virar páginas, sem colocar pontos. E vou dando muito de mim, e aceitando o pouquinho que os outros têm para me dar.

Caio Fernando Abreu

E na realidade,

Onde fica a porra do ‘felizes para sempre’ que eu sempre acostumei a ver e ouvir? O pior de tudo é que quem reverteu isso, foi quem me disse todo esse tempo que iria ser pra sempre, foi uns dos primeiros aacabar com tudo. Mas por favor, se for embora, que seja da melhor forma, que seja devagar, aos poucos, não se vá da mesma maneira que você chegou.

Nunca Julgue

Pior mesmo é quando você é de um jeito, e as pessoas ao seu redor acham que não é bem assim e te julgam mal, sem ao menos saber quais são suas qualidades e virtudes, simplesmente por ‘achar’. ‘Me conheça depois me julgue.’, que bom se todos pensassem assim. Mas as coisas são completamente diferentes, eles não aceitam as diferenças e te constroem novamante, apenas com seus defeitos, perante ao olhar da sociedade, como se você não tivesse qualidades. E muito menos escolha pra mudar isso, porque você é apenas um, e os que te julgam sem te conhecer são praticamente a maioria.

“Você vai me abandonar e eu nada posso fazer para impedir. Você é meu único laço, cordão umbilical, ponte entre o aqui de dentro e o lá de fora. Te vejo perdendo-se todos os dias entre essas coisas vivas onde não estou. Tenho medo de, dia após dia, cada vez mais não estar no que você vê. E tanto tempo terá passado, depois, que tudo se tornará cotidiano e a minha ausência não terá nenhuma importância. Serei apenas memória, alívio, enquanto agora sou uma planta carnívora exigindo a cada dia uma gota de sangue para manter-se viva. Você rasga devagar o seu pulso com as unhas para que eu possa beber. Mas um dia será demasiado esforço, excessiva dor, e você esquecerá como se esquece um compromisso sem muita importância. Uma fruta mordida apodrecendo em silêncio no quarto.”

Caio Fernando Abreu

Os Dragões não conhecem o Paraíso- A Outra Voz.

Pseudos Amores

Sabe, estou farto de tanto pseudo-amor por aí. Mal se conhecem e já trocam juras para eternidade, e em poucas semanas tal juramento já é facilmente quebrado. Na minha época só se dizia “Eu te amo” para quem realmente nós amávamos, e olhe lá! Amor é abstrato, incapaz de ser visto e tocado pelas mãos, mas que está ali, dentro de nós, pronto para ser de alguém. Não qualquer alguém. Onde quero chegar é; amar está se tornando algo tão fútil. Não existe mais aquela beleza em dizer amar tal pessoa. É tudo tão óbvio. Clichê. Chato. Há grande diferença em estar apaixonado com estar amando. Estar apaixonado é estar cego e ao mesmo tempo ver somente aquilo que quer ver. Vivendo perigosamente cada segundo e pouco se importando com o segundo seguinte. Ao contrário disso, amar é você enxergar tudo nitidamente e talvez até além daquilo que alguns sequer vão enxergar um dia. É amar hoje e ver o seu futuro com a pessoa amada. E provar isso com atitudes e não apenas com palavras bonitas. Deixo claro que não estou aqui para julgar ninguém, cada um sabe bem o que faz. Você pode gostar de muitas pessoas, estar com algumas, mas no final amará apenas uma. Então ao invés de jurar amor eterno a alguém, ao menos tenha certeza de que o que está sentindo de fato é amor.

E se for, ame verdadeiramente e sem medo.

Amor

O amor é aquela surpresa deliciosa (detesto surpresas, mas essa é diferente). Amor é aquele gostinho bom de todas as frutas do mundo. Amor é perder o chão, o teto, as paredes. Amor é apreciar cada gota de chuva que cai, e sentir em cada uma delas um gosto diferente, um gosto de felicidade completa. Amor é acordar e ver que tem gelatina na geladeira. Amor é ficar em claro uma noite inteira, falando sobre o que foi, o que é e o que será. Amor é segurar as lagrimas. Amor é soltar as lagrimas. Amor é ter noção de que o fim não está próximo. Pelo contrário, é ter noção de que ele está bem distante. Amor é sentir o mundo inteiro nas costas, e ao mesmo tempo não sentir peso nenhum. Amor é contar estrelas. Amor é aquele mais belo poema que Cecília não fez. Amor é a mais bela canção que Chico nunca fará. Amor é pensar bobeiras, sabendo que um dia serão verdade. Amor é te achar tão do meu tamanho, do meu número. Amor é perceber a cada dia como você foi feito pra mim. Amor é te querer tanto assim. O amor é nuvem. O amor é ventania. Amor é a luz que sai do teu sorriso. O amor é aquele brilho discreto, singelo, que poucos percebem. Amor é te sentir sempre aqui. Amor é tão simples.

Tão inexplicável. Gasto linhas e linhas, e não consigo definir. Amor não se explica. Amor é pra sempre. Amor só se sente.

“Chorar por tudo que se perdeu, por tudo que apenas ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe, pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo. Meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar a ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas tentativas de aproximação. Tenho vergonha de gritar que esta dor é só minha, de pedir que me deixem em paz e só com ela, como um cão com seu osso. A única magia que existe é estarmos vivos e não entendermos nada disso. A única magia que existe é a nossa incompreensão.”

Caio F.

De repente, você vê que aprendeu várias coisas.

“Mas não foi de repente, foi aos poucos. “De repente” não quer dizer que você aprendeu rápido. Quer dizer que você não percebe que está aprendendo, até que aprende.  Você olha pra suas fotos antigas e não consegue se enxergar. Você lembra de frases ditas e atitudes tomadas e as trata como se fossem de um outro alguém. Você aprende que não há amor que não acabe, doença que não se cure, não há estrada sem fim. O caminho, sim, é sem fim. Basta torcer para estar percorrendo o caminho certo.Basta perceber que o seu caminho é errado e esperar pelo próximo retorno. É uma estrada de duas mãos.  De repente, você se sente cansado de tanto aprender quando, na verdade, você está é cansado de estar rodeando de gente que não aprendeu porra nenhuma. Não te preocupa. Todos aprendem, cada um a seu tempo. O problema é que alguns demoram tanto que acabam morrendo antes da primeira aula.  Talvez você tenha aprendido mais que eu, ou até menos, ou então aprendido coisas diferentes, ou matado todas as tuas aulas mais importantes. Não sei mesmo, mas minha única certeza é que eu não concordo com uma vírgula do que você diz.”

Lucas Silveira

Old life

Durante muito tempo, tentava agradar a todos, mas percebi que a unica pessoa na qual eu deveria agradar era eu mesmo,mas não foi fácil chegar a essa conclusão, tive que abandonar sonhos, sofrer,chorar… “após uma tempestade, viria o sol” e exatamente isso que aconteceu, meus olhos foram abertos e minhas correntes quebradas, foi quando percebi que o tempo para mim era inacabavel, e que se eu não desse valor a mim mesmo, não haveria ninguém que merecesse valor.

Objetivos? Sim muitos objetivos são determinados ao decorrer da vida, porém os piores são aqueles que prometemos e não podemos cumprir, “Não me arrependo de nada que fiz, e sim do que não fiz” isso é o que define meu descontentamento, abandonei a chance de ser feliz mesmo que por pouco tempo…E sempre que pensamos que estamos felizes não era nada disso que estava acontecendo.

O amor? Pra mim é como uma flor, que começa pequenina, cresce, evolui e fica maravilhosa, até o momento em que ela morre…a partir do momento em que ela morre, lembramos que era uma simples flor, e em breve nascerá outra no lugar dela…mas nenhuma flor será tão importante quanto a primeira flor que nasceu em nossa arvore.

Sonhos? Sim, acredito que eles existem e são a unica razão para cada um nascer, crescer e morrer…a partir do momento em que nascemos ja definimos nossos primeiros sonhos, e com o passar do tempo aperfeiçoamos eles…Nenhum sonho é impossível desde que você acredite que possa realiza-lo.

 

Rouvier

Eu me lembro, te avistei de longe

A primeiro momento não me interessei, mas lembro-me bem o que usava, a maneira como sorria. Sorriso sempre me chamou muita atenção. Então você se mostrou interessada, se fez de boa moça e em poucos dias havia conquistado minha atenção. É, agora minha atenção era toda sua, todo sinal que batia era um motivo para sorrir, pois te veria sorrir. A cada recreio tinha o desejo de que você se aproximaria. Mas isso nunca aconteceu. Agora eu torço para os sinais não bater, te ver distante dói. Torço para o recreio não chegar, pois te ver ao lado dele é realmente doloroso. Saber que eu não vou te tocar, não me motiva a levantar da cama, me arrumar e ir para universidade. Mas o seu sorriso ainda me estimula, os sentimentos estão ganhando vida e você parece estar se afastando. Agora me diga, porque confundir alguém que nem teria te notado?

“Houve um tempo em que eu tinha o brilho das estrelas no olhar, tempo este em que a luz do luar se tornava ainda mais bela ao som de um vilão, lá no alto da pedra! Roubavamos manga no quintal do vizinho apesar de ter um pé de manga no nosso quintal, íamos também nadar escondido no rio, deixando prá traz duas imensas piscinas nos clubes e iventávamos mil e uma peripécias, ríamos sem saber porque… Hoje me sinto atropelada pela correria diária, e muitas vezes me pergunto em que momento de minha vida eu perdi aquele olhar suspenso e aquela certeza de que o impossível não existia, porém ainda há momentos em que ainda sinto aquela alegria incontida no coração…é quando vejo o sorriso gratuito e espontâneo no rosto meu filho, quando ouço uma música linda, quando retorno aos lugares de minha infância, quando sinto que aqueles amigos que um dia cativei, mesmo distantes me trazem no coração e também quando faço novos amigos.”
Le Petit Prince

Me mande mentalmente coisas boas. Estou tendo uns dias difíceis, mas nada, nada de grave. Dias escuros sem sorrisos, sem risadas de verdade. Dias tristes, vontade de fazer nada, só dormir. Dormir porque o mundo dos sonhos é melhor, porque meus desejos valem de algo, dormir porque não há tormentos enquanto sonho, e eu posso tornar tudo realidade. Quando acordo, vejo que meus sonhos não passam disso, sonhos; e é assim que cada dia começa: desejando que não tivesse começado, desejando viver no mundo dos sonhos, ou transformar meu mundo real num lugar que eu possa viver, não sobreviver.

Caio F.

Cada vez que olho o passado eu vejo que ao teu lado eu sempre pertenci, vejo o quanto estou mais feliz, não que antes não era, mas faltava algo no qual não sabia, e quando apareceu você tudo se completou, você preencheu cada espaço do meu coração me deixando cada dia mais apaixonado por você, me fazendo me senti livre para te ama.

Filipe Amaral

 

Me entreguei a essa loucura,chamada dor.

É tão cruel a sua deixa. É pedir demais que você fique?Eu convenci a todos a minha volta que eu estou bem,mesmo não estando. Hoje,com essa imensa dor,sei que a eternidade não é mais útil,já que não lhe tenho mais do meu lado. As pessoas pensam que estão ajudando,mais acabam me confundindo. Pedi milhões de perdões a você aquela noite,porém,me esqueci de dizer que lhe amava mais do que qualquer coisa. Hoje,que somente com os olhos fechados,te tenho por perto…choro. Choro pela saudade constante que tenho,pela angustia de não te ver,e saber que você não vai voltar.

Eu queria que tudo fosse diferente,

Queria poder sentir que você me ama na mesma intensidade com que eu amo você, queria poder te levar pra longe quando esta comigo, queria ter você só pra mim. Longe de você meu coração pede ajuda, não sinto minhas pernas tremerem, mas quando estou ao seu lado as intrometidas borboletas voltam a voar dentro de mim, não sei mais se quero ficar, ou se quero partir!

(Lethicia Ildebrando Teodoro)

E basta apenas a noite cair.

É incrível como ela domina a minha paixão. Eu olho as estrelas, a lua e tudo que fica mais romântico e logo me pego a pensar em você. O amor é estranho, é imaturo, é constante, são mudanças e desconfianças. Eu temo ao amor. Não por não me sentir bem ao amar, mas por saber que no final eu vou me machucar. Sem contar nas intermináveis noites que terminarão em choros, lembranças e esperanças. Sem contradizer meus sentimentos, sem achar a forma de esquecer esses momentos, sem saber o que sentir e o que pensar. Eu estou passando pelo o que eu não pretendia passar. Ei amor, não é você que amanhã ou daqui alguns meses vai passar? Porque teimar em me machucar? Ei amor, só deixe de me sufocar. Sim, eu vivo falando com o amor, eu tento ao máximo compreendê-lo, eu tento ao máximo me auto compreender. Eu não entendo porque de sofrer, se uma hora o sentimento tem que morrer. Ei noite, demore a chegar e quando chegar, apenas peço que não demore a passar. Pois as perguntas estão outra vez sem respostas, e eu não posso buscar respostas e ficar à beira de um precipício.

Sabe quando você cansa de ficar sozinho?

Cansa de ver que várias pessoas têm alguém pra abraçar a hora que quiser, alguém pra chamar de amor, pra beijar e pra te dar carinho. Isso não é desespero de alguém que politicamente é ‘desesperada’, é sentir falta de alguém. É já ter tido um coração partido, e precisar de alguém para reconstruí-lo, é querer poder ter onde repousar a cabeça durante a noite – que não no seu travesseiro -, é buscar incansavelmente alguém que te ame assim, exatamente do jeito que você. Os dias passam, os meses passam, os anos passam, e você continua assim, sozinha. Continua cercada de amigos, continua com sua família, mas ao mesmo tempo não tem alguém. Todo mundo precisa de alguém, todo mundo tem uma hora em que precisa de um abraço de uma ‘certa pessoa’, e talvez minha hora tenha chegado. Talvez eu precise de você e você nem tenha percebido.