“Houve um tempo em que eu tinha o brilho das estrelas no olhar, tempo este em que a luz do luar se tornava ainda mais bela ao som de um vilão, lá no alto da pedra! Roubavamos manga no quintal do vizinho apesar de ter um pé de manga no nosso quintal, íamos também nadar escondido no rio, deixando prá traz duas imensas piscinas nos clubes e iventávamos mil e uma peripécias, ríamos sem saber porque… Hoje me sinto atropelada pela correria diária, e muitas vezes me pergunto em que momento de minha vida eu perdi aquele olhar suspenso e aquela certeza de que o impossível não existia, porém ainda há momentos em que ainda sinto aquela alegria incontida no coração…é quando vejo o sorriso gratuito e espontâneo no rosto meu filho, quando ouço uma música linda, quando retorno aos lugares de minha infância, quando sinto que aqueles amigos que um dia cativei, mesmo distantes me trazem no coração e também quando faço novos amigos.”
Le Petit Prince

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s