Não quero mais sangrar.


Nada faz parar, nenhum curativo pode esconder, e sempre que parece melhorar tudo volta a acontecer.
Profundos cortes que arrancaram tudo que um dia houve em mim, e nunca vão cicatrizar, nenhuma dor é tão insuportável quanto esta, nenhum martírio é tão incessante e não há nada nem ninguém que possa agüentar.
Não quero mais sangrar, pois não tenho mais forças e já estou me esgotando, meu coração se esvaziou e os sons de seus batimentos secos estão me enlouquecendo.
Meu corpo entregue aos vermes, e mesmo sem vida continua a morrer, rios de sangue e lágrimas me cercam e tudo que posso fazer é olhar.
Não quero mais sangrar, pois a vida que meu sangue levou embora um dia foi doce, e a morte que agora se aproxima é tão amarga.
Míseros cortes conseguiram arrancar tudo de mim, e enquanto agonizo tudo que posso fazer é esperar até que venha a última gota de meu sangue já inexistente.
Não posso mais sangrar, pois toda a vida que um dia eu tive se foi e agora em minha morte perfeita e silenciosa nada sinto além da dor que sempre percorrerá meu corpo gélido e decrépito e isso é incessantemente torturante.

Psychotiic

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s