Do começo ao fim

Que eu não veja obstáculos na união de corações sinceros.
O amor não se turva em águas turvas, nem se curva ante a chuva. Não.
É uma luz constante que a tempestade não altera.
É a estrela de toda não errante, de brilho claro, embora sem matéria.
Não é joguete do tempo, embora a carne sofra o preço de sua foice.
Se isso for falso e provado também, eu não escrevia e nunca se amou ninguém.

Anúncios

Uma opinião sobre “Do começo ao fim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s