(…)

A voz suave de Edward veio por trás de mim. Eu me virei pra ver ele saltando levemente os degraus da varanda e o cabelo dele estava assanhado com o vento da corrida. Ele me puxou pros seus braços imediatamente, exatamente como ele havia feito no estacionamento, e me beijou de novo. Esse beijo me assustou. Havia muita tensão, uma linha muito forte na forma como os seus lábios apertavam os meus – como se ele estivesse com medo de que não tivéssemos mais muito tempo pra nós.

Eclipse

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s